segunda-feira, 30 de novembro de 2009

EDUCAÇÃO PERSA

Os cristãos modernos deveriam conhecer melhor a educação dos persas, pois eles tinham métodos muitos semelhantes aos métodos bíblicos de Educação. A educação persa deu tão certo que o grande Rei Ciro ao conquistar os povos como os sírios, assírios, capadócios, Frigia, Lígia, Babilônia, Chipre, Egito, Caria, Fenícia, Índia, Cilícia, sacos, magádidos, entre outros era por estes chamado de PAI e era tão admirado pelos povos conquistados que o historiador Xenofonte fez a biografia e a genealogia de Ciro para saber de onde se originou governante tão espetacular.





A educação persa baseava-se na justiça e na prevenção em vez de punir a infração. Era punível como um grande crime a ingratidão. A educação tinha quatro faixa etárias:
Crianças até os 16 anos
Adolescentes até os 26 anos
Homens até os 51 anos
Idosos depois dos 51 anos.

Na Pérsia o Estado é quem educava, contrariando as nações vizinhas que cada pai educava seu filho com bem lhe convinha. Talvez para nossos dias a educação Persa fosse taxada de autoritária, mas era um modelo voltado para a disciplina, obediência e temperança. Bebida só água e comida só pão com agrião. Em público alguns atos eram proibidos como escarrar, cuspir, fazer xixi, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário